Natural Tech 2015 #euvou

Dia 10 começa genteeeee… Maior Feira de Alimentação Natural do Brasil. E, estou de malas prontinhas!!! Nessa feira tudo de lançamento estará lá. Produtos novos, lançamentos de marcas e cursos. Super esperado pra mim. Estarei clicando e trazendo TUDO de novo de lá. Aguardem porque a fanpage, IG e blog  serão bombardeados de novidades. rsrs.  :)

Quem vai?
‪#‎naturaltech‬ ‪#‎blogdapaulaabrao‬

img_natural-990x441_c

Reflexão junto com o anel boho…

10931032_807356206010712_3746515732936130289_nuntitled
Heelllo …
Estava tomando sol olhando meu anel boho  e …. textoooo… Bora escrever. Meu texto sobre atenção plena eh olhando meu anel boho e para meus penduricalhos. Resposta: comprei no camelo da Rua XV. Lindo neh? Eu amei eles…
Uma pergunta…
Você tem alguma mania? Em relação a comida? ” Vício ” na alimentação ou ate algumas coisas… que você faz na sua casa que eh repetitivo. Perceba isso e tenha uma atitude! Novas idéias no lugar das antigas. A mente eh muito condicionada a sempre os mesmos padrões. Envia essas informações sem parar e você nao consegue ter compreensão daquilo. Poxa, levei tempos para perceber isso. Simplesmente ja esta xerocado e carimbado dentro da gente. Se nao surgir absolutamente nenhum pensamento que intervenha a essa atitude, os antigos condicionamentos ficarão mais e mais fortes. Estou falando isso porque fui ate uma cliente de consultoria final do ano passado. E percebi manias e condicionamentos fortes dentro dela. Vou citar um exemplo: Ela tinha no corredor da casa um pote com balas jujuba e balas de goma. (Ela me permitiu contar, ta?) E ela me contou que aquele pote era completado com balas 2x na semana. E me disse que em determinados momentos ela se atracava no pote. Mas assim, muitas vezes ao dia. Todos da casa que ali passavam abriam pegavam e comiam. Isso se repetiu por 10 anos. Tradição de família, disse ela. Esses episódios precisam ser analisados se você espera resultados em relação a estética corporal ou ate pela saúde mesmo. Porque essa “tradição familiar”, para ela, que ja estava condicionadissima com aquilo, era banal. Esses e outros tipos de start e o estar alerta com esses tipos de manias eh fundamental para se chegar onde deseja. Eh fácil de intervir. Necessitamos trabalhar o desapego, para isso torna se necessário enumerar prioridades e ações. Enfim, ela conseguiu!! A duras penas. Desapegou a tradição de família que colocou isso como meta na casa dela. Lembrando que nao devemos ser rudes com nós mesmos e sim, nos tratar com amor e carinho. Entrar em contato com nosso ser,  entender e compreender que isso deve ou nao continuar (se esta incomodando).
Deepak Chopra ensina como bloquear os pensamentos antigos e reacender os pensamentos novos. Um exemplo que ele da em seu livro que eu gosto muito.
Pensamento antigo: So estou me enganando. Olhe para mim. Nada vai funcionar.
Pensamento novo: Nao preciso ficar olhando toda hora para meu corpo. Posso encarar a minha nova história e ver os progressos. Meu corpo ira acompanhar. Neste momento, vou procurar algo que eu goste mais de fazer do que ficar com pena de mim mesma.

Ahhhhh e para os críticos de plantão. Nao não, problema nenhum em comer umas balinhas jujubas de vez em quando. Aliás, são coloridas e deliciosamente doces. Kisses gateenhas…

Dicas de suco detox para quem abusou nas festas de Final de Ano

Gente, veja a receitinha que a nutri do Tropical Banana nos forneceu de suco detox. Adorei :)

 

E o novo ano chegou. Estamos nos dias pós-festas. Dias em que muitos abusaram na comilança entre Natal e Ano Novo. Mesmo quem se cuida o ano todo, cai em alguma tentação nesta época. Por isso nada melhor do que começar o ano com o pé direito aproveitando algumas dicas saudáveis.

A nutricionista Eliza Scarpin, da Tropical Banana, ensina uma receita ótima para desintoxicar nesse pós-festa, um suco de maçã com couve. “A maçã possui pectina que se liga às toxinas eliminando-as do organismo. A couve tem clorofila, um pigmento verde fonte de energia das plantas, também com alto poder de desintoxicação, auxiliando o fígado na eliminação das toxinas”.

Nada melhor para quem abusou nas festas e quer segurar um pouco no início do ano: um suco leve e rico em fibras, que alimenta e faz uma limpeza de dentro para fora do organismo.

 

Confira a receita para fazer em casa:

 

MAÇÃ COM COUVE – Desintoxicante

 suco-maçã-com-couve

 

200 ml de água

2 maçãs sem sementes

3 folhas de couve

2 cubos de gengibre

1/2 limão

hortelã (opcional)

6 cubos de gelo

 

Bata tudo no liquidificador

 

Bora fazer?

 

 www.tropicalbanana.com.br

Erros mais comuns que encontro na prática clínica

mike-lemp-tomas-rodriguez-2-60-988

 

Olá gente,

Resolvi escrever esse post porque recebo muitas meninas na clínica querendo milagres em muito pouco tempo. Não vendo e nunca vou vender milagres. Acho que é por isso que tenho mais pacientes de qualidade do que de quantidade. A indicação é clara e precisa: Se não for se alimentar corretamente, NÃO TERÁ RESULTADO COM A ESTÉTICA. Equipamentos de ultima geração é lindo de se ver, logo, ele contém informações, eletricidades, estimulo sanguíneo, linfático, epitelial… etc. Se você só se alimenta de lixo alimentar qual será a informação que esse estimulo passará ao seu organismo e toda aquela cascata de teorias lindas que as máquinas vendem: Estimulação do colágeno, quebra de gordura (nada quebra tá?) incremento a circulação, eliminação de toxinas.. bla bla bla.

Achas mesmo que uma drenagem linfática terá bons resultados a nível de eliminação de toxinas se você só come veneno e toxinas? Ahhh Dra. Mas eu como minhas bolachinhas lights,  meus chocolatinhos diets e barrinha de cereal.

Gente, até quando vocês irão perceber que o natural messssssmo é o que a terra produz para nosso sustento. É livre de conservantes, corantes, aditivos.. está ali… Puf! Prontinho pra nós. Então parem de inventar modinhas com comidinhas lixinho industrializadas. Continuo falando não adianta pagar R$3.000,00 dilmas em um pacote de Velashape para o #projetoverao e continuar comendo suas porcarias sem fim.

A coisa é mais simples do que você pensa. Não tem segredos. Temos que nutrir nosso corpo com nutrientes, com vitaminas, com fibras, com minerais com energia boa… para esses estímulos todos da estética se transformarem em resultados para o organismo em questão. Tudo flui quando se tem propósito….as peças se encaixam.. manja?

Você decidiu perder os quilos extras que ganhou no inverno ok ok ok. E entrou em dieta.. agendou uma avaliação na clinica X e começou seu regime por conta própria… ou melhor, leu revista e copiou a dieta da amiga.

Depois de algumas semanas e muito esforço não ficou feliz com o resultado. E achou que estava fazendo tudo de melhor para seu corpinho…  (porque acreditem, tem algumas que querem mas não sabem. Tem determinação mas, fazem tudo errado. tsc tsc…)

Talvez você esteja cometendo um dos erros abaixo:

1) Consumir produtos Diet em excesso: a palavra diet não significa baixa caloria, mas designa produto no qual há restrição de algum composto (como por exemplo açúcar). Adoçante é aditivo, Simmmmmm SUCRALOSE é ruimmmm. Altamente tóxico para o intestino e alterando toda a flora intestinal. Parem de usar esses adoçantes.

2) Abusar das barrinhas de cereais: embora as barrinhas sejam vendidas como alimentos saudáveis, elas contém gorduras, açúcar e xarope de frutose ou glicose. As vezes até muito mais açúcar do que bala. Portanto não é o melhor alimento, prefira lanches com ingredientes REALMENTE naturais.

3) Comer frutas em excesso: as frutas são excelentes, mas com moderação. Algumas frutas (como uva e melão) são absorvidas rapidamente causando picos de açúcar no seu sangue, prefira maçã e pêra. E claro, não dá para comer meia dúzia de bananas por dia, você deve se  contentar com uma OU CONFORME SEU PLANO ALIMENTAR.

4) Tomar suco de frutas o dia todo: este erro é clássico. O suco  nada mais é do que a fruta refinada, você toma a frutose (açúcar da fruta) e deixa de fora, ou melhor, joga no lixo toda a fibra (componente essencial para o seu corpo). Prefira sempre a fruta ao suco. Melhor comer duas laranjas e deixar a laranjada fora do seu cardápio

5) Achar que dieta é ficar sem comer. Vejo na academia infinitas meninas SE MATANDO. Juro gente, chega a dar dó. 2h e 30 minutos de treino e se mataaaaaaaando nos agachamentos. Aí saem dali e comem 1 folha de alface e 1 barrinha nutry. he he he. Juro que já vi. Por dellllls. Organismo todo se desregula, vários sistemas que são certamente acionados durante, após e várias horas após de perda (não existe perca ta?  rs) de gordura e você com essa teimosia de achar que cortar comida é sinal de emagrecer, acabam se anulando. Emagrecer saudável com uma nutricionista, com um educador físico ao seu lado é a chave para você conseguir seus objetivos. E logico, tá aí… estética será a cerejinha do bolo :)

O ideal é procurar um profissional capacitado para orientar uma reeducação alimentar. Além de fazer as pazes com a balança a sua saúde sai ganhando e a estética também.

Então meninas não se enganem com milagres que vendem por aí. Não gastem seu rico dinheirinho com balelas :)

Chega de falar… bla bla bla :)

bjosssss

 

ideias-de-mulher-trocas-saudáveis-alimentação-0

Descubra por que sua dieta não tem provocado perda de peso

Gente,

Adorei essa entrevista sobre emagrecimento que o blog da ANA PAULA SCINOCCA publicou. Dois profissionais que gosto e respeito. São conhecedores dessa área de saúde, treinamento e qualidade de vida. Informações valiosas ao alcance de vocês. E sempre recordo nos meus posts. Acompanhamento profissional é o sucesso dos seus resultados. Se não esta obtendo resultado, alguma coisa está errada.

Boa leitura :)

emagrecimento

O corpo é esperto e cheio de artimanhas. Quando percebe o risco de emagrecimento, resultado de dieta, acompanhada de malhação, ele entra em alerta e reage, da mesma forma que faria diante de uma enfermidade ou de um longo período de inanição. Muita gente já caiu na armadilha de malhar e fazer dieta sem alcançar […]

O corpo é esperto e cheio de artimanhas. Quando percebe o risco de emagrecimento, resultado de dieta, acompanhada de malhação, ele entra em alerta e reage, da mesma forma que faria diante de uma enfermidade ou de um longo período de inanição. Muita gente já caiu na armadilha de malhar e fazer dieta sem alcançar os resultados esperados.

O blog ouviu dois especialistas respeitados no País, o nutricionista e educador físico Bruno Fischer e Paulo Gentil, educador físico, professor e autor de livros sobre emagrecimento, para saber quais as razões que provocam isso.

“Muitas pessoas não estão emagrecendo porque estão dando estímulos que levam o corpo a entrar em um estado de alerta e economizar suas reservas de energia”, afirma Gentil. “A maior parte das pessoas adota uma estratégia errada para conseguir emagrecer”, completa Fischer.

Fischer e Gentil insistem que é preciso “esquecer a balança”. Segundo eles, perder peso não significa emagrecer. E explicam: “O peso na balança não é o melhor parâmetro para avaliar a composição corporal. Para isso, é importante fazer uma avaliação física. Tal avaliação mostrará exatamente o que tem acontecido no corpo da pessoa, ou seja, se ela tem perdido gordura, ganhado músculos, ou o contrário”, ressalta Fischer.

“É importante entender que perder peso é diferente de emagrecer”, anota Gentil.

Em entrevista, eles explicam os caminhos a serem percorridos para quem quer melhorar a forma com saúde.

Muitas pessoas afirmam que fazem dieta, mas não conseguem perder peso. Por que isso acontece?

 

Bruno Fischer – A maior parte das pessoas adota uma estratégia errada para conseguir emagrecer, geralmente fazendo dietas muito restritivas que levam à uma redução do metabolismo. Não procuram orientação de profissional capacitado e simplesmente começam a cortar o que ouvem falar que faz engordar (carboidratos, gorduras, etc). Então, além do corpo reduzir o metabolismo, ele acaba ficando num estado de alerta. Assim, qualquer deslize que a pessoa venha a fazer, como num final de semana, o corpo tende a querer compensar e acumular gordura. Todos os nutrientes (carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais) são importantes para manter o equilíbrio corporal (chamamos isso de homeostase), mas é preciso saber dosar o uso de cada um deles. E só o nutricionista é o profissional capacitado para estabelecer essa dose. Em algumas outras situações a pessoa emagrece (perde gordura), mas não perde peso, pois o ganho de massa muscular que pode ocorrer com o treino de musculação fará com que o peso na balança se mantenha estável.

Paulo Gentil – Um pouco de história, ou melhor, de pré-história, ajuda a explicar isso. Estudos em fósseis verificaram que a parte do nosso DNA relacionada ao metabolismo mudou pouco nos últimos 50.000 anos. Há grandes semelhanças com a época em que éramos nômades. Nesse período, quando a comida acabava tínhamos que fazer longos deslocamentos para encontrar um local mais favorável para a caça e coleta. Para sobreviver a esses períodos críticos, nosso corpo aprendeu a baixar o metabolismo e preservar as reservas de energia, evitando a perda de peso. Hoje, quando uma pessoa come pouco e faz longas caminhadas ou corridas de baixa intensidade, ela nada mais está fazendo do que reproduzir uma situação com a qual o corpo aprendeu a lidar ao longo de milhões de anos de evolução. Esse fenômeno pode ser visto, por exemplo, no conceito da termogênese adaptativa, que reflete uma queda no metabolismo de repouso quando se faz dietas restritivas. Um exemplo disso é um relato de pesquisadores canadenses em que uma mulher passou a comer 488kcal a menos e, ao final de 15 semanas engordou, pois seu metabolismo reduziu o equivalente a 552kcal! Em resumo, muitas pessoas não estão emagrecendo porque estão dando estímulos que levam o corpo a entrar em um estado de alerta e economizar suas reservas de energia.

 

Qual a melhor receita para perder peso e reduzir percentual de gordura?

Bruno Fischer – Mudar o estilo de vida. A mudança do comportamento alimentar, associado com a prática regular de exercícios, levará a resultados de emagrecimento sustentáveis. É preciso aprender a se alimentar, buscando sempre alimentos mais naturais e evitando industrializados. Incluir uma rotina frequente de exercícios também é indispensável. Nesse ponto a associação de musculação com treinos intervalados de alta intensidade tem se mostrado a melhor estratégia de emagrecimentos em termos de exercício.

Paulo Gentil – A melhor receita é ter uma alimentação equilibrada, privilegiando a qualidade dos alimentos ingeridos (ou seja, não é apenas contar calorias) e um programa de exercícios que tenha a capacidade de elevar seu metabolismo, queimando mais gordura nas horas e dias seguintes ao treino. Isso é conseguido com atividades de alta intensidade, como treinos intervalados (o famoso HIIT) e musculação.

 

Muito se fala que é preciso ignorar os números da balança e se preocupar apenas com percentual de gordura. O fato é que a maior parte das mulheres se importa sim com o ponteiro da balança. O que fazer para emagrecer?

Bruno Fischer –  O peso na balança não é o melhor parâmetro para avaliar a composição corporal. Para isso, é importante fazer uma avaliação física. Tal avaliação mostrará exatamente o que tem acontecido no corpo da pessoa, ou seja, se ela tem perdido gordura, ganhado músculos, ou o contrário.

Paulo Gentil – O ideal é fazer avaliações físicas para mensurar a quantidade de músculo e gordura. Como o músculo possui uma densidade maior do que a gordura, uma mesma massa de músculo ocupará um espaço menor, ou seja, uma pessoa poderá diminuir a silhueta, caber em roupas menores, melhorar esteticamente e ainda assim não mudar, ou até mesmo aumentar, o peso na balança. Por isso é importante entender que perder peso é diferente de emagrecer.

 

Muito se tem divulgado que os exercícios aeróbios não emagrecem, e podem até engordar. Quais as razões para que isso aconteça?

Bruno Fischer – Os exercícios aeróbios tem uma capacidade limitada de promover adaptações fisiológicas que levam à perda de gordura. O custo energético de atividades aeróbias de baixa e moderada intensidade é baixo, e o pior, esse tipo de exercício é incapaz de promover gasto de gordura em situação de repouso. Uma vantagem do exercício de alta intensidade é supressão do apetite ao final da sessão. Os exercícios aeróbios de baixa/moderada intensidade não são capazes de promover esse benefício.

Paulo Gentil – Pois é. A tentativa de emagrecer por meio dos exercícios aeróbios de baixa intensidade tem sido frustrante, conforme confirmado em diversos estudos sobre o tema. Isso acontece porque o corpo tem mecanismos de adaptação que acabam revertendo as alterações promovidas pelo exercício. Um exemplo é o conceito de supercompensação. Quando degradamos um tecido, o corpo tende a repor o que foi perdido e muitas vezes faz isso com sobras. Por exemplo, quando fazemos musculação há degradação das proteínas musculares e, nas horas seguintes, o corpo aumenta a síntese proteica para repor e supercompensar o que foi perdido. Quando se faz aeróbios de baixa intensidade e longa duração, há um direcionamento para utilização de gordura durante o exercício, mas nas horas seguintes o corpo acaba lutando para colocar de volta a gordura que perdeu e há indícios que pode haver, inclusive, supercompensação.

 

317-funcional-exercicio-da-moda-1

O que faz o HIIT ser considerado a melhor opção para perder peso? Ele pode ser feito por qualquer um? Mesmo por obesos e sedentários?

 

Bruno Fischer – Vamos combinar que é uma excelente opção para perder gordura, ok? E isso acontece em função de importantes adaptações fisiológicas que estimulam a queima de gordura durante o repouso, e o melhor de tudo com muito pouco tempo de exercício. É possível fazer um treino de HIIT em 5-10 minutos, no total de 3 vezes por semana. Vários estudos foram conduzidos nos últimos anos utilizando o HIIT, com diversas populações (obesos, sedentários, indivíduos com síndrome metabólica e com problemas cardíacos). A maior parte desses estudos tem demonstrado que esse tipo de treino é bem tolerado e seguro, Entretanto, assim como qualquer tipo de exercício, é indispensável uma avaliação física prévia.

Paulo Gentil – Ele é a melhor opção porque consegue elevar o gasto energético e de gordura por várias horas após sua conclusão, deixando um ambiente mais favorável à perda de peso. Ele pode sim ser feito pelas mais diversas pessoas, inclusive há diversos estudos mostrando que o HIIT é seguro e eficiente em obesos e sedentários. A maior parte das pessoas que o condenam ou não estuda ou está muito presa a conceitos ultrapassados. Aos olhos delas, HIIT se resume a fazer tiros de corridas em alta velocidade até chegar à exaustão. Mas não é bem assim. A intensidade deve ser calculada individualmente e existem diversas formas de se fazer HIIT, adaptando-o à realidade de cada um. Por exemplo, subir um lance de escadas ou mesmo fazer uma caminhada por 100 metros pode ser um estímulo intenso e funcionar como HIIT para uma pessoa obesa e sedentária.  Existem protocolos de HIIT adaptados para pessoas com insuficiência cardíaca e até mesmo pó- infartados. Inclusive, em muitos casos uma pessoa será incapaz de fazer atividades de longa duração, como no caso de obesos mórbidos e pessoas em processo de reabilitação cardíaca. Nestes casos, o HIIT será a ferramenta mais viável. Portanto, quem condena está mais apegado ao senso comum do que às evidências teóricas e práticas e, como consequência, muita gente pode estar sendo privada de melhorar sua saúde devido ao conservadorismo travestido de cautela e bom senso. Na cabeça de muita gente é mais fácil arrumar motivos para continuar fazendo o que sempre fez do que estudar e se preparar para fazer algo novo.

 

É possível uma pessoa perder peso, reduzir percentual de gordura se mudar a alimentação e fizer apenas musculação?

Bruno Fischer – Sim, completamente possível. O custo energético para ganhar massa muscular e/ou para recuperar o músculo após a musculação é elevado. Além disso, uma pessoa com maior quantidade de músculos gastará mais energia no dia a dia. Isso aliado com uma alimentação balanceada proporciona um ambiente completamente favorável para o emagrecimento.

Paulo Gentil – É sim, e existem diversos estudos sobre isso, no meu livro e nas minhas aulas eu cito um estudo espanhol em que pessoas que fizeram musculação perderam gordura, mesmo aumentando a ingestão calórica. O que deve ser claro, no entanto, é que não será qualquer protocolo de musculação que fará isso. É preciso saber organizar as variáveis para produzir os efeitos desejados. E isso será bem distante desses protocolos tradicionais em que se passam horas na academia fazendo milhares de repetições nos mais diversos exercícios. Lembre-se que intensidade é a palavra chave, e qualquer coisa que tenha muito volume, não terá intensidade.

 

Por que muita gente ainda hoje pensa que musculação engorda?

Bruno Fischer – Pela confusão feita entre perder peso e emagrecer, e ter a balança como único critério para avaliar resultados. Quando a pessoa ganha músculo vai ficar mais pesada, mas isso não significa que ela engordou, mas sim que ganhou peso advindo do acréscimo muscular. Engordar significa ganhar gordura.

Paulo Gentil – Falta de conhecimento e/ou conservadorismo. Mais de 90% das informações científicas sobre musculação foram produzidas nos últimos 10 anos, mas as pessoas continuam se baseando em conceitos com quase meio século de idade. A crença de que a musculação engorda vem da associação do ganho de massa muscular ao ganho de gordura, fruto de práticas equivocadas usadas por alguns participantes de concursos de beleza que comem excessivamente com o intuito de construir músculos, mas acabam engordando. Mas veja que isso é fruto da alimentação e não da musculação. Hoje já existem diversas evidências que o processo de ganho de massa muscular leva à perda de gordura, e não ao ganho. Vou dar três exemplos disso: 1) um estudo japonês induziu obesidade em ratos fornecendo-os alimento em excesso e verificou que a indução da hipertrofia diminuiu o tamanho das células de gordura e atenuou diversos problemas de saúde, como diabetes e esteatose hepática. 2) existe um gene chamado miostatina que inibe o ganho de massa muscular ao mesmo tempo que favorece o acúmulo de gordura, e a prática de musculação intensa inibe sua atividade.  3) cerca de 20% do seu metabolismo de repouso se destina a construção de proteínas, portanto, quanto mais músculo você estiver construindo, mas energia você gastará em repouso

 

Quem tem pouco para perder depois de já ter feito dieta e percebe o ponteiro da balança empacar faz o que? Qual o melhor caminho para perder os quilos finais?

Bruno Fischer – Primeiro de tudo esquecer a balança. É fundamental observar a composição corporal a partir da avaliação física e não pelo ponteiro na balança. Algumas estratégias nutricionais podem ser aplicadas quando a redução de gordura se estabiliza, mas para isso é fundamental uma observação minuciosa do padrão alimentar do indivíduo. Às vezes o simples ato de dar aquela escapada nos finais de semana já pode limitar o resultado final.

Paulo Gentil – Deve procurar um profissional de Educação Física – para fazer um planejamento que o leve aos treinos de alta intensidade – e um nutricionista – para adequar sua dieta.

5-suplementos-perder-barriga

Karoço de Açaí – Lançamento em Curitiba

Genteeee,

Tudo?

Hoje vim contar uma SUPER novidade. Conhecem o Karoço de açaí? Um produto revolucionário e você pode agora comer as propriedades antioxidantes do açaí aqui ó. Em bolinhas DELICINHASSSSSSS DE CHOCOLATE com guaraná, acerola e castanha do Brasil. Quer conhecer? Já já nas melhores lojas de fitness, nas melhores academias de Curitiba e Lanchonetes saudáveis.

Alô logistas!!!!! Solicite uma visita para degustação.

fone: 41 9994 4414 ou por email: contato@paulaabrao.com.br.

 

saiba_mais

PÊLOS: SEUS PROBLEMAS ACABARAM

LASER julho

Depilação é uma questão importante na vida de uma mulher. Imagine você mulher que precisa estar com tudo impecável sempre. Ai, que dificuldade? Sim, é bem complicado segundo elas, que convivem com pelos encravados e têm a pinça como a melhor amiga e com lugar cativo na bolsa.

Calma, deve haver um truque, segredo ou receita para elas estarem sempre tão deslumbrantes! rsrs  A primeira constatação foi de que o laser é o grande queridinho da maioria delas. Por motivos óbvios: é eficaz, dói menos e dura muito mais do que qualquer depilação.

” É maravilhoso! Fiz no ano passado e agora só preciso manter. É perfeito para nós mulheres.” (Camila, cliente de laser da Dra. Paula Abrão).

O laser precisa ser feito no inverno porque ele reage com a luz do solar. Então a hora para tratar é agora.

Aproveite a promoção do mês de julho. Sessões a partir de 60,00. É LASER! NÃO É LUZ PULSADA!

NOVA DATA: 11 DE JULHO – SEXTA FEIRA.

End.: Tapajós, 306 – Mercês

Curitiba – PR.

Tel: 41 9994 4414 (WHATS APP)

Receitinha: Smoothie Verão

blue-1024x768

Oláaaaa,

O que é esse verão gentiiiii :)

Esse clima chama alimentos frescos e geladinhos para hidratar o corpinho após um banho de sol, um frescobol na areia. Com esse calor que tá fazendo por aqui o importante é não ficar horas sem ingerir liquidos e alimentos nutritivos. Anota aí esse smoothie loco de delicinha para você fazer onde quer que você esteja. Sirva no vidro que é mais charmoso e no final algumas bolinhas de mirtilos congelados e chia para dar aqueeeeele chêro.

 

bebida5

 

Iogurte-grego-caseiro-1 (3)

Ingredientes:

4 gotas de essência de baunilha

2 cs de iogurte desnatado grego

1 cs de leite de amêndoas ou óleo de coco

1/2 xícara mirtilos congeladas

1/2 xícara de abacaxi congelado

1 xícara de couve ou gelinhos de couve congelados

3/4 de xícara de água de coco ou chá verde

Folhas de melissa

 

3c203c4aa05f6999dedc4ac91e9e95f4c004d797 (4)

670px-Freeze-Pineapple-Step-1 (3)
Como fazer

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e misture até ficar homogêneo.

Enjoyyyyyyy :)